A operação

Enredo

Tudo começou em 1939 quando os compostos químicos Ignis e Glacius foram descobertos no mundo, desde então as nações gastam bilhões de dólares em pesquisa bélica afim de manipular e construir armas de destruição em massa. Os americanos tentaram evitar isso quando invadiram o Iraque para pegar as armas químicas, porém mesmo após tanta dedicação e tempo dentro do país insurgente o composto nunca foi recuperado.
A Aliança do Atlântico Norte acusava os russos de envolvimento elevando as tensões meio as fronteiras nos países da Europa, e com o aumento da tensão entre a OTAN e os países aliados aos russos, começaram a surgir grupos militares patrocinados por potências, uma crise militar foi instaurada no extremo oeste da Europa e a OTAN se viu na necessidade de evitar a terceira guerra mundial unindo assim os Russos e a OTAN para que juntos pudessem descobrir quem poderia ser o maior inimigo do mundo, a ONU decide por criar uma força de defesa global intitulada de Iniciativa de Defesa Global unindo todas as nações com mesmo interesse de defesa de seus países. Há alguns que não concordaram com tais decisões, e um grupo financiado por outras nações surgiu com um potencial bélico muito forte, conhecido por Special Partizan Antonov Company decidiu lutar pela sua fatia das ADMs.
O resultado foi catastrófico, em uma batalha pela conquista de território na África central, forças da IDG e as tropas opositoras dos Spartan’s resolveram utilizar de quaisquer meios necessários para obter os compostos que já foi responsável por muita destruição. Ao capturar a TSAR os engenheiros Spartanos não conseguiram desativar a bomba, e resultou em uma cadeia de guerras nucleares. Países emergentes com tecnologia nuclear começou a se defender atacando grandes potências e formando assim o hecatombe em volta do globo.
Nações já não existem mais, grupos organizados se tornaram facções militares, gestões públicas já não existem e todo e qualquer controle dos territórios passaram a ser como antigamente, tropas e demarcações. Suprimentos estão escassos, não há mais tecnologia avançada e não há mais acessibilidade. Lute pela vida, sobreviva ao Hecatombe.

Ignis

Ignis é um composto químico que foi descoberto pelos americanos na região do Hawai em meados de 1939 durante a segunda grande guerra, seu processo de extração das rochas de magma oriúnda do vulcão o tornava muito difícil de se conseguir, após alguns anos de pesquisa descobriram que sua combinação com Glacius a tornava o composto químico mais perigoso no mundo bélico, sua descoberta foi o motivo pelo qual os japoneses atacaram Pearl Harbor.

Glacius

Descoberto nas geleiras dos polos norte e sul no final da década de 50, Glácius é um extrato de gelo combinado com Iodo, Cloro e Enxofre. Sua combinação com uma pequena quantidade de Ignis é capaz de gerar uma explosão de até 87 kilotons. Isso os fazem os compostos químicos mais mortais do planeta.
Quando os compostos caíram em mãos erradas, um alvo foi designado porém mais uma vez, não foi obtido sucesso para recuperar. Uma força de coalizão foi feita para descobrir e recuperar os responsáveis pelo armamento de destruição em massa.